Encher estádios da Copa das Confederações é desafio--organização

sexta-feira, 21 de novembro de 2008 11:30 BRST
 

Por Mark Gleeson

JOANESBURGO (Reuters) - A África do Sul enfrenta um grande desafio para lotar seus estádios durante a Copa das Confederações do ano que vem, disseram os organizadores da competição que serve como preparativo para o Mundial de 2010.

Danny Jordaan, chefe-executivo do comitê organizador da Copa do Mundo, disse que os organizadores terão de se esforçar para garantir que as partidas do torneio com oito seleções não fiquem vazias.

O futebol é o esporte mais popular do país, mas, apesar da grande audiência das transmissões de jogos locais na televisão, o comparecimento aos estádios costuma ser pequeno.

"Há uma percepção errônea no mundo de que a África do Sul é um país onde o críquete e o rúgbi são os esportes mais populares", disse ele em uma coletiva de imprensa em Johanesburgo, nesta sexta-feira, véspera do sorteio dos grupos da Copa das Confederações.

"Se nós tivermos estádios vazios para a Copa das Confederações, nós vamos reforçar essa percepção errônea", acrescentou. "Nosso maior desafio é encher os estádios para todas as partidas, não apenas para os jogos das seleções de alto nível".

A Copa das Confederações é tradicionalmente disputada um ano antes da Copa do Mundo no país organizador do Mundial. A competição de 2009 reunirá os campeões dos seis continentes (Brasil, Espanha, Iraque, Nova Zelândia e EUA), além da Itália, atual campeã do mundo, e dos sul-africanos.

O campeonato será disputado de 14 a 28 de junho.

(Reportagem de Mark Gleeson)

 
<p>Modelos posam para fotos no est&aacute;do Ellis Park, em Joanesburgo. O est&aacute;dio ser&aacute; uma das sedes da Copa das Confedera&ccedil;&otilde;es da Fifa em 2009. 20 de novembro.REUTERS/Radu Sigheti</p>