LG deixa crise de lado e anuncia investimento na F1

quarta-feira, 26 de novembro de 2008 12:51 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A LG, fabricante de eletrônicos sul-coreana, deixou de lado a crise de crédito global e anunciou nesta quarta-feira uma parceria de cinco anos com a Fórmula 1.

"A história mostra que se você quer construir uma marca, você precisa investir nela", disse o vice-presidente de marketing da LG, Dermot Boden, em entrevista coletiva com o chefão da F1, Bernie Ecclestone.

"E se você quer ser bem sucedido, investir durante uma crise é provavelmente um dos melhores momentos para realmente construir sua marca", acrescentou.

Ecclestone disse que a LG se tornará patrocinadora oficial da F1, categoria com cada vez mais presença da Ásia e no Oriente Médio. A marca da companhia será visível em transmissões internacionais, em sistemas de cronometragem e em gráficos.

A LG, com 82 mil empregados ao redor do mundo e com vendas globais de 44 bilhões de dólares em 2007, também vai comprar os direitos de marketing para ser a processadora de dados e fornecedora de celulares e de eletrônicos oficial da categoria.

Os detalhes financeiros do acordo não foram divulgados, mas Boden disse à Reuters que a soma deve alcançar dezenas de milhões de dólares durante o período.

"Não é um acordo barato", disse.

A empresa também patrocina o time de futebol da primeira divisão inglesa Fulham, e Boden afirmou que o compromisso não será afetado pelo novo acordo com a F1.