ENTREVISTA-Honda poderia vencer corridas em 2009, diz Ross Brawn

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 12:45 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A Honda poderia vencer corridas na próxima temporada da Fórmula 1 caso não tivesse decidido sair da categoria nesta sexta-feira, disse o chefe da equipe, Ross Brawn.

"Teríamos um carro vencedor, e essa é a tragédia", declarou à Reuters, por telefone, o ex-diretor técnico da Ferrari.

"Nossa informação diz que, em relação às outras equipes, nós tínhamos um carro muito forte para o próximo ano, e ainda continuaríamos desenvolvendo."

A Honda anunciou nesta sexta-feira que a equipe, cuja participação estava confirmada no campeonato de 2009, está à venda e que não permanecerá na Fórmula 1 como construtora ou como fornecedora de motores, devido à crise global de crédito.

Brawn, que mantém uma forte relação com a Ferrari depois do período muito bem sucedido em que esteve lá com o heptacampeão Michael Schumacher, disse que a substituição do motor Honda não será problema caso haja um comprador para a equipe.

Segundo Brawn, ele e o diretor-executivo da Honda na Fórmula 1, Nick Fry, discutiram a situação com membros de outras equipes na quinta-feira, e estão seguros do apoio deles.

"Eu acho que qualquer uma das outras equipes nos ajudaria com o fornecimento de motores se for preciso", disse. "Esse não é o obstáculo. Vamos encontrar um motor para o ano que vem."

A Force India encerrou recentemente o contrato de fornecimento de motores com a Ferrari, deixando a construtora italiana com capacidade ociosa mesmo que já atenda a Toro Rosso, da Red Bull.   Continuação...

 
<p>Chefe da equipe de F1 da Honda, Ross Brawn, na Inglaterra. A Honda poderia vencer corridas na pr&oacute;xima temporada da F&oacute;rmula 1 caso n&atilde;o tivesse decidido sair da categoria nesta sexta-feira, diz Brawn. REUTERS/Stephen Hird</p>