6 de Dezembro de 2008 / às 21:05 / em 9 anos

Marselha volta ao segundo lugar com vitória sobre o Nice

<p>O jogador do Olympique Marseille, Karim Ziani (centro), &eacute; abra&ccedil;ado por companheiros de equipe ap&oacute;s ter feito gol contra o Nice. Um gol contra e um p&ecirc;nalti deram ao Olympique de Marselha a vit&oacute;ria por 2 x 1 sobre o Nice, neste s&aacute;bado, e reassumiu o segundo lugar do Campeonato Franc&ecirc;s.congratulated by team mates after scoring against Nice during their French Ligue 1 soccer match at the Velodrome stadium in Marseille, December 6, 2008. REUTERS/Jean-Paul Pelissier (FRANCE)</p>

Por Jean-Paul Couret

PARIS (Reuters)

Um gol contra e um pênalti deram ao Olympique de Marselha a vitória por 2 x 1 sobre o Nice, neste sábado, e reassumiu o segundo lugar do Campeonato Francês.

Com 31 pontos em 17 jogos, o Marselha está três pontos atrás do campeão Olympique Lyon, que enfrenta o Nantes no último jogo desde sábado.

O Rennes agora tem 30 pontos depois de empatar em 1 x 1 com o Caen, que está na metade da tabela. Benjamin Nivet abriu o placar para o Caen pouco antes do intervalo, mas Moussa Sow empatou aos 31 da etapa complementar.

O Girondins Bordeaux subiu para quarto lugar com 29 pontos graças à vitória por 2 x 1 em cima do lanterna do campeonato Valenciennes, na sexta-feira. O jogo foi antecipado por causa da partida entre Bordeaux e Roma, na terça-feira, que disputam uma vaga nas oitavas-de-final da Lida dos Campeões.

Jogando em um campo novo, o Marselha saiu na frente aos 14 minutos de partida com o gol contra de Olivier Echouafni, que desviou um escanteio para dentro de sua própria rede.

O Marselha fez o segundo antes do intervalo quando Cyril Rool derrubou Mathieu Valbuena na área e Mamadou Niang converteu.

Habib Bamogo silenciou o estádio Velodrome aos três minutos do segundo tempo e o Nice por pouco não empatou com Chaouki Bem Saasa que acertou o travessão com um chute de 20 metros.

Antes do jogo, o presidente do Marseille, Pape Diouf, pediu aos torcedores do clube para não protestar contra a sentença de prisão dada contra um deles por um juiz espanhol quando o Atlético de Madri visitar o Marselha na terça-feira em partida válida pela Liga dos Campeões.

Santos Mirasierra foi sentenciado a três anos e meio por agredir policias quando os times se enfrentaram em Madri, no início da temporada.

“Não podemos mostrar às pessoas que pensam que os torcedores do Marselha são animais que elas estão certas. Faremos todo o possível para tirar Santos da cadeia,” afirmou Diouf.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below