Polícia francesa teme violência em jogo Olympique x Atlético

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008 14:50 BRST
 

Por Jean-François Rosnoblet

MARSELHA, França (Reuters) - A polícia teme que a violência possa ofuscar a partida de terça-feira entre Olympique de Marselha e Atlético de Madri, pela Liga dos Campeões, depois que um torcedor do Olympique foi preso na Espanha na semana passada.

"Essa partida tem altos riscos, embora os perigos sejam reduzidos pelo fato de que haverá poucos torcedores visitantes", disse o chefe da polícia de Marselha, Jean-Luc Marx, a jornalistas.

O torcedor do Olympique Santos Mirasierra foi condenado a três anos e meio de prisão por agredir policiais durante a partida entre seu time e o Atlético, em Madri, há dois meses.

O caso tem sido uma fonte de tensões antes da viagem do Atlético a Marselha, para a última partida do Grupo D do torneio.

"O risco acontece pela paixão excessiva ou por tentativas violentas que poderão ser dirigidas ao time visitante ou ao país que ele representa", acrescentou Marx.

Cerca de 1.000 policiais estarão de serviço dentro e nas proximidades do estádio Velodrome para a partida, segundo Marx.

O grupo de torcedores do Olympique do qual Mirasierra faz parte pediu que seus cerca de 4.500 membros boicotem o jogo para fazer uma manifestação do lado de fora do estádio.

O técnico do Atlético, Javier Aguirre, disse que a questão da segurança já foi suficientemente tratada e que a viagem do time a Marselha não o preocupa.   Continuação...