Para Massa, saída de Honda não será seguida por outras equipes

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008 09:05 BRST
 

MILÃO (Reuters) - O piloto brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, acredita que a Honda será a única equipe a deixar a Fórmula 1 na próxima temporada.

Culpando a crise financeira global, a Honda anunciou na semana passada que está deixando o esporte -- e o tempo está se esgotando para encontrar um comprador para o ano que vem.

A mídia especula que outras equipes também podem deixar de operar, mas Massa, que perdeu o campeonato deste ano por apenas um ponto para o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, acredita que isso é improvável.

"Acho que não, pelo menos não na próxima temporada. A crise econômica é muito séria, mas a situação só pode melhorar", disse o piloto brasileiro ao jornal Gazzetta dello Sport desta sexta-feira.

"De todo modo, espero que alguém possa comprar a Honda, talvez até uma empresa brasileira. Seria muito interessante ver uma equipe brasileira, com pilotos brasileiros, na Fórmula 1".

Massa lamentou a saída do compatriota Rubens Barrichello, que tinha esperanças de renovar com a Honda para correr em 2009 pela equipe.

"Também foi uma surpresa para ele. Se a situação continuar assim, haverá somente o Nelsinho Piquet (da Renault) e eu de brasileiros na F1. Isso é mesmo muito triste", afirmou.

"A saída da Honda é mesmo uma coisa horrível para a F1. É melhor ter muitos competidores".

Massa tem treinado em Jerez, na Espanha, nos últimos dias, enquanto a Ferrari se prepara para as novas regras para os carros em 2009.

"Definitivamente, é diferente dirigir este carro. Acho que todos nós teremos de mudar o nosso estilo de pilotar", disse.

(Por Mark Meadows)

 
<p>O piloto brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, descansa durante sess&atilde;o de testes da equipe em Jerez. Massa acredita que a Honda ser&aacute; a &uacute;nica equipe a deixar a F&oacute;rmula 1 na pr&oacute;xima temporada. 11 de dezembro.REUTERS/Marcelo del Pozo (SPAIN)</p>