Manchester volta do Japão com moral alta para arrancada final

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008 09:38 BRST
 

Por Alastair Blair

YOKOHAMA (Reuters) - Os jogadores do Manchester United já ajustaram o relógio ao fuso da Inglaterra depois de derrotar a LDU e conquistar o Mundial de Clubes da Fifa, no Japão.

Os campeões ingleses se tornaram os primeiros britânicos a vencer o torneio, graças a um gol de Wayne Rooney que garantiu a vitória por 1 x 0 na final em Yokohama, no domingo.

Com a missão cumprida no Japão, o time agora se prepara para voltar ao Campeonato Inglês, no dia 26 de dezembro, contra o Stoke City.

O capitão Rio Ferdinand admitiu que perder para o LDU depois de viajar metade do mundo teria tido um efeito ruim para o restante da temporada.

"Espero que isso dê o tom no resto da temporada", disse o zagueiro a repórteres. "Fomos inconsistentes até agora e, hoje (domingo), jogamos como o Manchester United dos últimos dois anos".

Ferdinand atribuiu a vitória ao técnico Alex Ferguson, que conseguiu manter o time no ataque apesar do cartão vermelho recebido pelo defensor Nemanja Vidic por dar uma cotovelada em um adversário.

"O técnico foi direto ao ponto", disse Ferdinand. "Eu não vou revelar o que ele disse, mas ele nos deixou animados, e isso é sinal que ele é bom técnico".

"Uma vitória marcaria uma transformação na temporada -- passaríamos de resultados medíocres para um time competitivo em todos os grandes títulos", afirmou. "Às vezes, você precisa ouvir o básico e fomos lembrados do que nos trouxe aqui. Mesmo ótimos jogadores precisam ser lembrados disso, e nós temos alguns jogadores assim no nosso time".

 
<p>Alex Ferguson, t&eacute;cnico do Manchester United, com o trof&eacute;u da Copa Mundial de Clubes REUTERS/Yuriko Nakao (JAPAN)</p>