Equipe russa deixa regata de volta ao mundo por falta de recurso

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008 08:52 BRST
 

MOSCOU (Reuters) - Uma equipe russa foi obrigada a abandonar a regata de volta ao mundo Volvo Ocean Race pois não tem mais dinheiro para continuar a participar da competição, informou o dono do time na quinta-feira.

A equipe Kosatka (baleia assassina, em russo) é liderada por Oleg Zherebtsov, dono de supermercados em São Petersburgo, que anunciou a suspensão de suas operações.

"Desde o começo, sempre foi um objetivo trazer parceiros comerciais para o projeto", disse Zherebtsov.

"Até agora, eu financiei esta equipe com meu próprio dinheiro, antes dos patrocinadores. Neste estágio na campanha da Volvo, queríamos achar patrocinadores, mas este processo sofreu com os efeitos da situação econômica".

A equipe esperava deixar sua marca na vela internacional, terminando a corrida no porto de São Petersburgo em junho do ano que vem.

Kosatka não é a única equipe esportiva russa a ser afetada pela crise financeira. Muitos times profissionais de futebol, basquete e hóquei no gelo foram forçadas a reduzir seu orçamento ou encerrar suas atividades em decorrência da crise econômica mundial.

O Brasil, que chegou a ter um barco próprio na edição anterior da Volvo Ocean Race, desta vez é representado por Torben Grael, capitão de um barco da equipe sueca Ericsson.

(Por Gennady Fyodorovov)