Messi tem mais confiança no Barcelona que na seleção argentina

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008 21:41 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O atacante do Barcelona Lionel Messi disse na segunda-feira que a falta de confiança não permite que ele tenha o rendimento máximo na seleção argentina, coisa que consegue no clube catalão.

Messi, que está de férias na sua cidade natal, Rosário, também confirmou que o técnico do Barcelona, Josep Guardiola, o autorizou a jogar as partidas amistosas da seleção alviceleste.

"A falta de conhecimento e de confiança faz com que eu não possa render ao máximo na Argentina. Sou consciente que na seleção, não sou o mesmo que no Barcelona", disse Messi no canal argentino de televisão TyC Sports.

"Nas eliminatórias (da Copa da África do Sul de 2010), as pessoas nos criticavam e os jornalistas acabaram conosco, e isso aumenta a pressão na hora de jogar", acrescentou.

Messi reconheceu que uma das causas do baixo rendimento poderia ser a falta de tempo para trabalhar com seus companheiros da seleção argentina, que agora é dirigida pelo astro Diego Maradona.

"Nas últimas partidas, não pude chegar ao nível que tive no Barcelona, mas creio que é lógico, porque no meu time estamos acostumados (uns com os outros) e treinamos o ano todo juntos", acrescentou ele.

Messi disse que, se for convocado, jogará contra a França em fevereiro, em Marselha e seu treinador no Barcelona já autorizou sua participação.

"Jamais vou dizer não à Argentina, mas também tenho muito respeito pelo meu clube, que fique claro."

O Barcelona e a Associação de Futebol Argentino concordaram com a presença de Messi nos amistosos da seleção, depois da polêmica por sua participação nos Jogos Olímpicos de Pequim, resolvida graças à intervenção de Guardiola.

(Reportagem de Luis Ampuero)