Ex-número 1, australiano Hewitt mira top 10 do tênis em 2009

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009 14:13 BRST
 

SIDNEY (Reuters) - O ex-número um do tênis mundial Lleyton Hewitt está buscando um retorno ao grupo dos 10 primeiros tenistas depois de se recuperar de uma lesão que o atrapalhou na última temporada.

O ex-campeão de Wimbledon e do U.S. Open passou por uma cirurgia em setembro depois de passar o ano jogando com uma lesão nos quadris, que o colocou de fora do top 50 do tênis pela primeira vez em uma década.

Hewitt, de 27 anos, disse que sua recuperação completa pode levar seis meses, mas acredita estar em boa forma para enfrentar jogadores de elite e voltar ao topo dos rankings.

"Quando eu voltar para essa rotina de estar livre de lesões e puder competir contra os melhores semana sim semana não, não vejo razão para que não possa voltar ao top 10", disse Hewitt a jornalistas em Perth na sexta-feira.

"Eu acho que sou um competidor completo. Sei que fiz tudo que pude para voltar 100 por cento e me sinto bem o bastante para derrubar qualquer um, qualquer dia", afirmou.

"Mesmo em 2008, nos grand slams, fui vencido apenas pelos quatro ou cinco melhores tenistas", acrescentou.

Hewitt é o 67o no ranking da ATP e representará a Austrália com Casey Dellacqua na Copa Hopman, que começa no sábado em Perth.

O país sede jogará contra a Alemanha, os Estados Unidos e a Eslováquia.

(Reportagem de Martin Petty em Bangkok)

 
<p>O ex-n&uacute;mero um do t&ecirc;nis mundial Lleyton Hewitt est&aacute; buscando um retorno ao grupo dos 10 primeiros tenistas depois de se recuperar de uma les&atilde;o que o atrapalhou na &uacute;ltima temporada. REUTERS/Toby Melville</p>