Novo dono do Manchester City é mais rico do futebol britânico

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009 11:21 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O novo dono do Manchester City, o xeique Mansour bin Zayed al Nhyan, é o homem mais rico do futebol britânico e o dono do Chelsea, Roman Abramovich, ficou em terceiro lugar, informou a revista FourFourTwo em sua pesquisa anual dos mais ricos publicada nesta quarta-feira.

O xeique de 38 anos, que é de Abu Dhabi e comprou o City em setembro, tem uma fortuna estimada em 15 bilhões de libras (21,86 bilhões de dólares).

A fortuna de al Nhyan é mais que o dobro da do russo Abramovich, de 42 anos, que ocupa o terceiro lugar com 7 bilhões de libras.

O número dois da lista é o indiano Lakshmi Mittal, com um capital de 12,5 bilhões de libras. Mittal se aliou ao chefão da F1, Bernie Ecclestone, e a Flávio Briatore para investir no Queen's Park Rangers, time da segunda divisão do campeonato inglês.

O técnico da Inglaterra Fabio Capello também integra a lista. O italiano acumula 25 milhões de libras e está em 73o lugar com um contrato de seis milhões de libras por ano e 10 milhões de libras em obras de arte.

O técnico do Manchester United, Alex Ferguson, é o número 78 com 22 milhões de libras, enquanto o treinador do Arsenal, Arsene Wenger, aparece na 92a colocação com 14 milhões de libras.

Veja abaixo a lista dos dez mais ricos do futebol britânico.

OS 10 MAIS RICOS EM LIBRAS:

1.Xeique Mansour bin Zayed al Nahyan (Manchester City) 15 bilhões   Continuação...