10 de Janeiro de 2009 / às 01:22 / 9 anos atrás

Murray bate Federer e vai à final contra Roddick no Catar

<p>O su&iacute;&ccedil;o Roger Federer tenta devolu&ccedil;&atilde;o para o brit&acirc;nico Andy Murray na semifinal em Doha. REUTERS/Steve Crisp (QATAR)</p>

DOHA (Reuters) - O atual campeão Andy Murray manteve seu domínio sobre o número dois do mundo, Roger Federer, ao derrotar o suíço por 6-7, 6-2 e 6-2 nesta sexta-feira para chegar à final do torneio do Catar.

O britânico Murray enfrentará o norte-americano Andy Roddick na final de sábado, se um problema nas costas o permitir.

“Se minhas costas continuarem assim, não vou jogar amanhã”, disse Murray, que recebeu tratamento no terceiro set. “Ela ficava inflexível à medida que o jogo progredia”.

Roddick venceu o resistente francês Gael Monfils, que eliminou Rafael Nadal, por 7-6, 3-6 e 6-3 também na sexta-feira.

Federer jogou no ataque no primeiro set. Ele chegou a 5-4 e estava há dois pontos de vencer o set no 11o game mas permitiu que Murray levasse a série para um tiebreak.

No segundo set, Federer cometeu muitos erros. Murray quebrou o saque do suíço no sexto e oitavo games e ganhou o set em 31 minutos.

No set decisivo, Murray precisou de massagem em suas costas. Quando ele retornou à partida, foi implacável no ataque e abriu 3-1. Federer entregou o último ponto ao acertar a rede.

“Eu não joguei o meu melhor, realmente sofri no segundo (set). Ele é um bom jogador, tem uma grande chance de vencer um Grand Slam. Ele está se tornando um jogador melhor”, disse Federer.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below