Klinsmann lamenta falta de vontade de Podolski no Bayern

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 15:31 BRST
 

BERLIM (Reuters) - O atacante do Bayern de Munique Lucas Podolski, que deve deixar o campeão alemão no final da temporada, mostrou falta de determinação suficiente para merecer a titularidade, disse o técnico Juergen Klinsmann.

Podolski, que ingressou no Bayern em 2006, tem ficado no banco de Luca Toni e Miroslav Klose.

Podolski, que teve um desempenho excelente na Copa de 2006 sob o comando de Klinsman e continuou marcando gols no campeonato nacional, disse que quer sair, e deve voltar ao Cologne.

O reforço do atacante Landon Donovan, emprestado pelos Los Angeles Galaxy, e a contratação do croata Ivica Olic para a próxima temporada minaram as esperanças de Podolski de um futuro de sucesso no Bayern.

"Dói ver um talento que parou e não evolui porque não pode lidar com a situação na qual dois jogadores estão na sua frente", disse Klinsnman na página do clube na Internet.

"Eu esperava que ele tivesse raiva, que mostrasse isso em campo, e que pudesse dizer para si próprio: 'Eu vou mostrar a eles o que eu consigo", disse Klinsman.

O clube está em conversações com o Cologne e espera fechar acordo até o final do mês, afirmou o diretor do Bayern Uli Hoeness na semana passada.

(Texto de Karolos Grohmann)