Hamilton se diz mais relaxado como campeão da Fórmula 1

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009 15:29 BRST
 

Por Alan Baldwin

WOKING, Inglaterra (Reuters) - Lewis Hamilton apresentou seu novo carro na sexta-feira, avisando aos adversários que se sente melhor do que nunca com o número 1 em seu carro, após o título conquistado em 2008.

"Estou me sentindo relaxado para a temporada", disse o britânico de 24 anos, depois que ele e o colega Heikki Kovalainen revelaram o carro prateado e laranja que a McLaren usará nesta temporada, na fábrica da equipe.

"Eu tive uma temporada ótima e é como ir de corrida em corrida. Quando você ganha uma, na próxima você tem um pouquinho mais de confiança".

"Acho que retomei meus objetivos, meu objetivo é o mesmo de quando eu comecei na Fórmula 1", acrescentou.

"Eu não fico sentado aqui, dizendo que sou o campeão mundial. Eu digo que quero ser campeão mundial".

Hamilton ganhou o campeonato por apenas um ponto em sua segunda temporada na Fórmula 1, depois de uma disputa acirrada com o brasileiro Felipe Massa, no Grande Prêmio do Brasil, em novembro.

Massa ganhou a corrida, mas Hamilton conseguiu passar do sexto para o quinto lugar na última volta, garantindo o título apesar de ter vencido menos corridas que o brasileiro.

Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1, disse nesta semana que espera que Massa ganhe o título neste ano. Ele também criticou o sistema de pontuação do esporte, atualmente baseado em pontos. Ecclestone defende um sistema de medalhas, como nas Olimpíadas. Neste sistema, quem vencer mais corridas será declarado o campeão.

Obviamente, Hamilton não é fã da sugestão.

"Trabalhamos duro como um time para vencer e sermos consistentes. E ser consistente, termine você em primeiro ou em terceiro, não é só responsabilidade do piloto, mas da equipe, que também faz o melhor que pode o ano todo. Não é só quem ganha a corrida que importa", afirmou.

 
<p>Foto de arquivo do piloto da MacLaren, Lewis Hamilton durante o Grande Pr&ecirc;mio do Brasil em novembro de 2008. Hamilton se diz mais relaxado como campe&atilde;o da F&oacute;rmula 1. REUTERS/Sergio Moraes</p>