Credit Suisse não renovará contrato de patrocínio com BMW-Sauber

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009 17:16 BRST
 

BERNE, Suíça (Reuters) - O banco Credit Suisse decidiu não renovar seu patrocínio a equipe de Fórmula 1 BMW-Sauber, informou a instituição financeira nesta segunda-feira.

A companhia disse que não vai renovar seu contrato, que expirou em 2008, mas poderia focar em ações culturais em vez do esporte.

"Nós acreditamos que a equipe está em um bom caminho e por essa razão agora é um bom momento para dizer adeus", disse o Credit Suisse em comunicado.

O banco foi o principal patrocinador da suíça Sauber de 2001 a 2005 e permaneceu com o apoio após a equipe ter sido adquirida pela BMW, no início de 2005.

Na última temporada, a BMW-Sauber comemorou sua primeira vitória na Fórmula 1, no Grande Prêmio do Canadá, e terminou em terceiro lugar no campeonato de construtores.

O ex-dono da equipe Peter Sauber, que continua como acionista e conselheiro da BMW-Sauber, disse ao jornal suíço SonntagsBlick que a retirada de apoio do Credito Suisse não deve afetar o orçamento da equipe para a próxima temporada.

(Texto de Mark Ledsom)