Reformas para Copa deixam campeonato sul-africano sem estádios

terça-feira, 20 de janeiro de 2009 15:35 BRST
 

JOHANNESBURG (Reuters) - A liga profissional da África do Sul está encontrando dificuldades para conseguir estádios suficientes para completar a temporada por conta das reformas para a Copa do Mundo do próximo ano.

Três estádios foram fechados este mês em Durban e Pietermaritzburg para reformas, deixando quatro clubes de primeira divisão tendo que dividir uma única estrutura na província de KwaZulu-Natal.

A África do Sul realiza uma massiva reforma dos estádios para a Copa do Mundo -- não apenas a construção de cinco novas arenas e a modernização de outras cinco para os jogos do Mundial, mas também a reforma de outros lugares para campos de treinamento.

"Isso tem causado uma frustrante dor de cabeça", disse o porta-voz da liga nacional Altaaf Kazi. "Temos apenas um estádio em Durban para ser usado por quatro clubes na Liga".

Os primeiros quatro estádios para a Copa do Mundo devem ficar prontos até o final deste ano, mas as obras estão atrasadas. Os outros seis devem ser entregues em dezembro de 2009

(Reportagem de Mark Gleeson)