January 25, 2009 / 2:15 PM / 9 years ago

Federer vira o jogo e avança na Austrália; Jankovic perde

3 Min, DE LEITURA

<p>Federer durante a partida contra Tomas Berdych, no aberto da Austr&aacute;liaDarren Whiteside (AUSTRALIA)</p>

Por Ossian Shine

MELBOURNE (Reuters) - Um grito de alívio marcou a virada que Roger Federer conseguiu depois de estar perdendo por 2 sets a 0 no Aberto da Austrália neste domingo. Mas a número um do tênis feminino Jelena Jankovic estava silenciosa ao sair da quadra central depois de uma derrota nas oitavas-de-final.

O suíço Federer conseguiu evitar problemas realmente sérios contra o tcheco Tomas Berdych, fazendo 4-6, 6-7, 6-4, 6-4 e 6-2 para manter vivas suas esperanças de igualar o recorde de 14 troféus de Grand Slams.

"Eu lutei o mais duro que pude, tentei amainar a tempestade. Ele me levou ao limite", disse sorrindo o segundo cabeça-de-chave do torne1io.

"Eu gosto deste tipo de batalha porque elas não acontecem com muita frequência. Eu ainda estou em grande forma, sinto que poderia jogar mais uns dois sets ainda, então este é um bom sinal."

Não houve bons sinais para Jankovic, que foi varrida da quadra pelo furacão francês Marion Bartoli por 6-1 e 6-4.

"Quando estou em minha melhor fase, é muito difícil me bater, porque você realmente tem que cuspir sangue se quiser vencer o jogo", disse Jankovic após a partida.

"Mas neste momento, eu não estou nessa fase. Eu ainda preciso melhorar, me fortalecer, ser muito, muito mais dura na quadra. Ninguém gosta de perder. Hoje foi um dia difícil para mim."

DIA DIFÍCIL

O dia difícil para Jankovic foi cheio de alegria para Bartoli.

"Eu sabia que poderia vencer Jelena em um dia bom, foi só uma questão de executar a tarefa",, disse ela aos repórteres.

Bartoli agora enfrenta Vera Zvonareva, depois que a sétima pré-classificada bateu a 10a, sua compatriota russa Nadia Petrova, por 7-5 e 6-4.

A boa sorte de Bartoli quase continuou na quadra central, quando a francesa Alize Cornet parecia estar no caminho para vencer a russa Dinara Safina, terceira cabeça-de-chave, mas Cornet derreteu sob o sol.

Por duas vezes ela não conseguiu confirmar seu saque para fechar o jogo e jogou fora dois match points no 10o game, momento em que Safina esquentou a partida para conquistar a vitória.

Safina, cujo irmão Marat Safin salvou um match point na semifinal contra Roger Federer antes de conquistar o título do Aberto da Austrália em 2005, irá jogar contra a vencedora do duelo entre Jelena Dokic e Alisa Kleybanova, pelas quartas-de-final, na próxima terça-feira.

"Talvez ela apenas não estivesse pronta para vencer este jogo, porque ela o tinha nas mãos", disse Safina quando questionada se fora a sua experiência o ponto chave para ela conseguir reverter uma partida praticamente perdida.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below