Em SP, presidente da Fifa confirma Copa de 2014 com 12 cidades

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009 17:05 BRST
 

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou nesta quarta-feira que a Copa do Mundo de 2014 no Brasil terá 12 cidades-sede, entre as 17 pré-candidatas.

Em São Paulo, onde se reuniu com o governador José Serra e outras autoridades, incluindo Pelé, Blatter anunciou que o Mundial no Brasil terá o mesmo número de sedes que a Copa da Alemanha, em 2006, o que representa um aumento de três cidades em relação à Copa de 2010, na África do Sul.

"Esse país não é um país, é um subcontinente, cinco vezes campeão do mundo, e vamos dividir a Copa em 12 cidades diferentes", disse Blatter a jornalistas após almoço com Serra.

Inicialmente, a Fifa desejava que a Copa no Brasil tivesse 10 cidades-sede, apenas uma a mais que a África do Sul, mas a vontade dos organizadores brasileiros era de levar o Mundial ao maior número possível de cidades.

Uma comitiva da Fifa inicia nesta semana inspeções nas 17 cidades candidatas. Até o dia 7 de fevereiro Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Campo Grande, Cuiabá, Rio Branco, Manaus, Belém, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza e São Paulo receberão visita de autoridades da entidade que comanda o futebol mundial.

O governador Serra aproveitou o encontro com Blatter para reforçar sua campanha para que a capital paulista receba a partida de abertura do Mundial. Segundo ele, a final deveria ser no Maracanã.

"Estou praticamente certo que isso vai acontecer. Da mesma maneira que o encerramento no Rio de Janeiro, que é uma proposta que eu mesmo fiz", disse Serra a repórteres.

"Eu propus que a final seja no Rio de Janeiro, porque acho que temos uma conta a acertar e tem que ser no Maracanã", disse o governador, numa referência à derrota no Brasil na final do único Mundial que disputou em casa, diante do Uruguai, em pleno Maracanã lotado.   Continuação...