Verdasco lamenta chance perdida contra Nadal na Austrália

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009 15:54 BRST
 

Por Greg Stutchbury

MELBOURNE (Reuters) - Fernando Verdasco estava desolado após perder, por pouco, a chance de derrotar o também espanhol Rafael Nadal, em um jogo épico de cinco sets pela semifinal do Aberto da Austrália, nesta sexta-feira.

Depois de quase cinco horas de jogo duro contra o número 1 do mundo, Verdasco teve a chance de surpreender Nadal, que perdia por 15-30 enquanto servia com o placar de 4-4 no set decisivo, na Arena Rod Laver.

Verdasco, que usou de seus fortes saques para obter 95 winners, acertou outra bola para chegar a dois break-points, com a possibilidade de fechar o jogo.

No entanto, sua bola ficou na rede, dando chance para Nadal recuperar-se e quebrar o serviço de Verdasco para vencer a partida mais longa já disputada na história do Aberto da Austrália.

"Eu já achava que precisaria estar 100 por cento para este jogo", disse Verdasco a repórteres. "Com 15-30, era o segundo serviço, e eu acertei a rede".

"Acho que a minha grande chance foi no quinto set. Naquele momento, eu achei que seria bom tentar forçar ser agressivo, e eu perdi".

Verdasco foi agressivo durante o jogo, enquanto assistiu Nadal jogar bolas curtas que outros não conseguiriam chegar.

"Foi um longo jogo, então é normal que eu tenha feito vários winners. Eu também estava arriscando mais que ele", acrescentou Verdasco.

Nadal enfrentará o suíço Roger Federer na final de domingo.

A eletrizante partida de 5 horas e 14 minutos superou, por 3 minutos, o recorde anterior do jogo entre Boris Becker e Omar Camporese, em 1991.

 
<p>Tenista espanhol Fernando Verdasco lamenta perda de ponto em jogo contra seu compatriota Rafael Nadal, pela semi-final do Aberto da Austr&aacute;lia, em Melbourne. REUTERS/Daniel Munoz (AUSTRALIA)</p>