1 de Fevereiro de 2009 / às 13:25 / 9 anos atrás

Nadal derrota Federer em final histórica no Aberto da Austrália

<p>Rafael Nadal venceu Roger Federer por 7-5, 3-6, 7-6, 3-6 e 6-2 neste domingo e tornou-se o primeiro espanhol a conquistar o Aberto da Austr&aacute;lia. REUTERS/Daniel Munoz (AUSTRALIA)</p>

Por Julian Linden

MELBOURNE (Reuters) - Rafael Nadal conquistou o título do Aberto da Austrália de forma brilhante com uma vitória por 7-5, 3-6, 7-6, 3-6 e 6-2 sobre Roger Federer, neste domingo, negando ao suíço a chance de igualar o recorde de 14 títulos do Grand Slam que pertence a Pete Sampras.

O número 1 do mundo se tornou o primeiro espanhol a vencer no Melbourne Park e obteve sua quinta vitória consecutiva sobre Federer, incluindo nas finais de Roland Garros e Wimbledon no ano passado.

Com o êxito, Nadal soma agora seis Grand Slams no currículo, e precisa somente do título do Aberto dos EUA para completar a série dos quatro principais torneios do circuito mundial.

A final deste domingo esteve à altura das expectativas, já que os dois melhores tenistas de sua geração lutaram por quase quatro horas e meia em uma partida clássica, cheia de lances mágicos e grande dramaticidade.

A vantagem oscilou dos dois lados, até Nadal quebrar o serviço no quarto game do set decisivo. Em seguida Federer mandou um backhand na rede no oitavo game e selou a vitória do adversário.

Nadal, sem demonstrar sinais de cansaço apesar da partida de mais de cinco horas em que venceu o compatriota Fernando Verdasco na semifinal, começou o jogo cheio de energia e ainda corria como sempre no final.

Ele quebrou o serviço de Federer no primeiro game e, apesar de perder seu próprio serviço duas vezes, fechou o primeiro set aos 58 minutos, depois que o suíço errou dois backhands.

Nadal obteve nova quebra no segundo set, quando Federer calculou mal um forehand na linha de fundo, mas o tricampeão na Austrália venceu os quatro games seguintes e equilibrou a partida.

A dupla manteve o extraordinário nível do jogo em um terceiro set ainda mais fascinante que os dois primeiros.

Não houve quebras de serviço no set, mas Nadal salvou três break points no nono e no 11o games, enquanto Federer, número 2 do mundo, sobrevivia a um set point para forçar o tiebreak.

Apesar de perder seu primeiro ponto no saque, Nadal recuperou a compostura e fez quatro pontos seguidos depois de um empate em 3-3, abrindo um set de vantagem.

A dupla trocou quebras no início do quarto set e Federer salvou cinco break points no quinto game, quebrando o serviço de Nadal no seguinte para retomar a iniciativa.

Federer garantiu seus dois games de serviço para forçar um quinto e decisivo set, o que não acontecia no Aberto da Austrália desde que Mats Wilander derrotou Pat Cash em 1988.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below