1 de Fevereiro de 2009 / às 20:26 / em 9 anos

Liverpool bate Chelsea com dois gols de Torres

Por Martyn Herman

<p>Fernando Torres comemora gol marcado na vit&oacute;ria do Liverpool por 2 x 0 sobre o Chelsea, em Liverpool, neste domingo. REUTERS/Phil Noble</p>

LONDRES (Reuters) - Fernando Torres marcou dois gols no fim da partida e garantiu ao Liverpool uma merecida vitória por 2 x 0 sobre o Chelsea, neste domingo, renovando as esperanças de título da equipe.

O espanhol abriu o marcador aos 44 minutos do segundo tempo, depois do Chelsea ficar reduzido a 10 homens por conta de um cartão vermelho para o meio-campista Frank Lampard. O segundo gol saiu já nos acréscimos.

A derrota foi um duro golpe nas chances de título do Chelsea, embora o time não possa reclamar, já que mal arriscou um chute mesmo antes da controversa expulsão de Lampard pelo árbitro Mike Reily, após uma entrada no meio-campista Xabi Alonso.

“Depois da expulsão de Lampard, eles tiveram mais posse de bola, mais qualidade, mais chances na frente do gol, mas não até então”, disse o técnico do Chelsea, Luiz Felipe Scolari, à rede Sky Sports.

“Quero que o árbitro veja sua decisão na tevê e a mude. Foi uma falta do outro jogador, não de Lampard.”

O Liverpool, que empatou em suas três partidas anteriores, passou o Chelsea e está na segunda colocação com 51 pontos em 24 jogos, dois pontos atrás do atual campeão Manchester United, que ainda tem um jogo a menos.

Torres, que perdeu boa parte da temporada com contusões, permaneceu anônimo durante quase toda partida, enquanto o Liverpool lutava para superar os visitantes.

Ele não marcava um gol na liga inglesa desde outubro, mas escolheu o momento perfeito para mostrar que é um atacante mortal.

Cech havia defendido chutes de Alonso e do reserva Yossi Benayoun depois do intervalo, à medida em que o Liverpool abria caminho, mas se viu impotente quando Torres saltou perto da trave e finalizou de cabeça após cruzamento do brasileiro Fábio Aurélio.

O alívio foi visível entre os torcedores do Liverpool, que viram as tentativas de seu time de conquistar seu primeiro título desde 1990 empacarem nas últimas semanas. O estádio já comemorava intensamente quando Torres marcou mais, nos acréscimos, depois que Benayoun roubou a bola de Ashley Cole.

O único chute a gol do Chelsea veio com Salomon Kalou, a 16 minutos do apito final, e o time se arrastou até o encerramento vendo as esperanças de título minguarem rapidamente.

“Não fomos bem hoje, eles foram melhores o jogo inteiro,” concordou Scolari. “Precisamos tentar de novo, porque temos muitos jogos e precisamos lutar até o último deles.”

No outro extremo da tabela, Newcastle United e Sunderland empataram em 1 x 1, resultado que deixou ambos na zona de rebaixamento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below