Egito nega interesse em sediar Copa do Mundo em 2018 ou 2022

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009 10:18 BRST
 

CAIRO (Reuters) - A Associação Egípcia de Futebol (AEF) negou nesta terça-feira que tenha manifestado interesse em sediar a Copas do Mundo em 2018 ou 2022, apesar de a Fifa ter dito o contrário.

Na segunda-feira, a Fifa divulgou uma lista inicial de países que expressaram interesse em sediar um dos torneios e que poderiam se candidatar. Segundo a Fifa, o número de países tinha subido depois da entrada de último hora do Egito e da Coréia do Sul.

Mas Samir Zaher, presidente da AEF, disse à Reuters: "Isso não é baseado na verdade".

O Egito se candidatou para sediar a Copa de 2010, mas perdeu para a África do Sul, que será o primeiro país africano a receber o torneio.

A Fifa deve publicar na terça-feira a lista oficial de países interessados em sediar as Copas de 2018 e 2022.