Beckham quer ficar no Milan, diz diretor

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009 11:50 BRST
 

MILÃO (Reuters) - David Beckham quer permanecer no Milan depois do término do empréstimo concedido pelo Los Angeles Galaxy, no dia 9 de março, informou Adriano Galliani, diretor-executivo do time italiano, nesta terça-feira.

O meia de 33 anos, que tem feito boas partidas pelo Milan, mudou-se para a Itália após o encerramento da temporada norte-americana, em um empréstimo de dois meses cujo objetivo era mantê-lo na disputa por uma vaga na seleção inglesa.

O Galaxy insistiu que Beckham voltará em março, mas o jogador disse estar dividido.

"Estamos trabalhando para mantê-lo e acho que ele também quer isso", disse Galliani ao jornal Gazzetta dello Sport.

"O Milan vai fazer tudo para ficar com Beckham depois de março. Nosso desejo é tê-lo até o fim da temporada ou em um contrato permanente", acrescentou.

Por razões técnicas, o empréstimo tem duração até junho, o que significa que o Milan pode negociar com o Galaxy mesmo fora da janela de transferência, que se encerra na segunda-feira. No entanto, há um acordo, feito por escrito, que estabelece que ele deve voltar aos Estados Unidos em março.

"Há esperança, mas os contratos têm de ser cumpridos", afirmou Galliani. "Se o Galaxy quiser negociar, ficaremos felizes em tentar. Mas... eles estão no direito. Beckham tem de voltar aos Estados Unidos no dia 9 de março. Vamos esperar".

 
<p>David Beckham quer permanecer no Milan depois do t&eacute;rmino do empr&eacute;stimo concedido pelo Los Angeles Galaxy, no dia 9 de mar&ccedil;o, informou Adriano Galliani, diretor-executivo do time italiano, nesta ter&ccedil;a-feira. REUTERS/Giampiero Sposito (ITALY)</p>