Fina sai em defesa de Phelps após foto com maconha

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009 21:04 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - A Fina, entidade que comanda a natação mundial, saiu na quarta-feira em defesa do supercampeão olímpico Michael Phelps, visto fumando maconha numa foto publicada no domingo pelo tabloide britânico News of the World.

A foto foi tirada numa festa ocorrida em novembro na Universidade da Carolina do Sul (UCS). Phelps, 23 anos, pediu desculpas pelo comportamento "inapropriado".

O Comitê Olímpico Internacional (COI) já havia dito que a declaração demonstra a sinceridade do nadador, recordista absoluto de medalhas de ouro em uma só edição das Olimpíadas - oito, em Pequim-2008.

Na quarta-feira, foi a vez da Fina divulgar nota manifestando sua "confiança e admiração por um jovem campeão que publicamente se desculpou por seu ato".

"Como cidadão, Michael Phelps demonstrou um comportamento inapropriado, mas seu arrependimento sincero e a promessa de que tal situação não irá acontecer novamente são garantias suficientes de que este grande astro vai continuar gerando respeito e apreciação a todos os fãs do nosso esporte em todo o planeta", diz a nota.

Embora a polícia do município de Columbia, onde fica o campus da UCS, tenha dito que não pretende indiciar Phelps, o xerife do Condado de Richland (que abrange Columbia), Leon Lott, afirmou na terça-feira que abriria processo caso conseguisse provar que Phelps fumou maconha sob sua jurisdição.

 
<p>O nadador Michael Phelps, cuja foto fumando maconha foi publicada por um tabl&oacute;ide sensacionalista brit&acirc;nico REUTERS/Jason Lee (CHINA)</p>