Fraco desempenho em Copa do Golfo faz Iraque demitir Vieira

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009 09:00 BRST
 

BANGCOC (Reuters) - Jorvan Vieira, que liderou a seleção iraquiana na conquista da Copa Asiática de 2007, foi demitido devido à baixa performance do time na Copa do Golfo, no mês passado.

"A federação achou apropriado dispensar o técnico por não ter obtido sucesso na liderança do time durante a 19a Copa do Golfo", disse Najeh Hamud, vice-presidente da Associação de Futebol do Iraque, a repórteres em Bagdá.

O brasileiro, no entanto, não sabia que tinha sido demitido quando a Reuters entrou em contato com ele, na sexta-feira. "Não sei nada sobre isso", disse Vieira por telefone, falando do Marrocos. "A federação iraquiana me mandou retornar depois das eleições no país".

"Não faz mal. A vida dos técnicos de futebol é assim. É normal que esse tipo de coisa aconteça conosco". E acrescentou: "com a seleção do Iraque, você nunca sabe o que pode acontecer".

Apesar de ter pego um time completamente desordenado, Vieira conseguiu fazer com que vencessem a Copa da Ásia, mas logo pediu demissão --o brasileiro cita como motivo o estresse que sofreu com a desorganização e as brigas sectárias dentro do time.

Vieira afirmou que era "loucura" voltar para o cargo, mas ele fez isso em setembro do ano passado, depois de ser demitido pelo clube iraniano Sepahan.

Sua segunda temporada na seleção iraquiana terminou mal, pois o time terminou no último lugar de seu grupo na Copa do Golfo, vencida por Omã.

 
<p>T&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o iraquiana Jorvan Vieira durante partida pela Copa do Golfo, em janeiro de 2009. Fraco desempenho faz Iraque demitir. VieiraREUTERS/Fadi Al-Assaad</p>