Capitão do Chelsea se diz chocado com demissão de Felipão

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009 16:34 BRST
 

SEVILHA, Espanha (Reuters) - O capitão do Chelsea, John Terry, disse nesta terça-feira que ficou bastante surpreso com a demissão do treinador Luiz Felipe Scolari.

"Fiquei chocado com o que aconteceu", disse ele em entrevista coletiva, após treino da Inglaterra para amistoso contra a Espanha, em Sevilha.

"Ele tinha meu total apoio, certamente, e tenho certeza de que dois ou três outros jogadores diriam o mesmo", acrescentou Terry, capitão também da seleção inglesa.

"Ele é um grande homem, mas não estávamos jogando bem e infelizmente isso cai na cabeça dele. Talvez devesse cair mais sobre nós, jogadores. Cai sobre a cabeça do técnico, o que é injusto. Mas afinal tudo é resultado, e infelizmente para Scolari eles não vieram."

O Chelsea está negociando a contratação do treinador da Rússia, o holandês Guus Hiddink -- que Terry lembrou ter uma relação estreita com o bilionário russo Roman Abramovich, dono do clube inglês. "Não sei muito sobre ele (Hiddink), teremos de esperar para ver," esquivou-se.

Scolari foi demitido do Chelsea na segunda-feira, apenas sete meses após ter assumido o time londrino. Ele classificou a equipe para as oitavas-de-final da Liga dos Campeões, mas estava 7 pontos atrás do líder Manchester United no Campeonato Inglês.

(Reportagem de Iain Rogers)

 
<p>Zagueiro da sele&ccedil;&atilde;o inglesa John Terry concede entrevista coletiva nesta ter&ccedil;a-feira em Sevilha. REUTERS/Marcelo Del Pozo</p>