Nadal reclama de novas regras antidoping para tenistas

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 12:12 BRST
 

Por Theo Ruizenaar

ROTERDAM (Reuters) - Para o tenista número um do mundo, Rafael Nadal, o tênis está pagando o preço por ser um esporte olímpico e se submeter ao novo regime de testes antidoping que trata atletas como criminosos.

O espanhol tem criticado o procedimento adotado pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP, na sigla em inglês), que assinou o protocolo da Agência Mundial Anti-Doping (WADA) no ano passado.

"Não é justo ter julgamentos assim", disse Nadal a repórteres no Torneio Indoor Mundial, em Roterdam.

A partir deste ano, os 50 melhores jogadores terão de separar uma hora por dia para serem testados, de acordo com o regulamento da WADA.

No entanto, Nadal, Andy Murray e Gilles Simon dizem que isto é uma medida hostil aos tenistas.

"Eles te fazem sentir como um criminoso", disse Nadal. "Nem mesmo minha mãe sabe onde eu estou todos os dias. É muito difícil saber onde você vai estar no dia seguinte, principalmente em um esporte como o tênis."

Os testes mais severos são aplicados porque o tênis é um esporte olímpico -- mas Nadal questiona se isso vale a pena.

O PREÇO DAS OLIMPÍADAS   Continuação...

 
<p>O tenista Rafael Nadal critocou o sistema antidoping REUTERS/ Michael Kooren (NETHERLANDS)</p>