Kaká precisa de milagre para jogar clássico contra a Inter

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009 14:51 BRST
 

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - O meia Kaká, do Milan, espera um milagre para jogar o clássico que sua equipe disputará no domingo contra a Inter de Milão -- o time precisa ganhar para manter vivas as suas esperanças de lutar pelo título do Campeonato Italiano.

O brasileiro, que recusou uma milionária oferta do Manchester City, sofreu uma lesão no pé no sábado, durante o empate com o Reggina. Os médicos disseram que ele necessitaria de 15 dias de recuperação.

No entanto, Kaká melhorou mais rápido que o esperado e está de olho no clássico de domingo contra a Inter, que lidera a classificação com oito ponto a mais que o rival.

"Veremos se ele poderá se recuperar para o jogo, pelo menos para ficar no banco de reservas. Porém, é muito cedo para dizer", disse a jornalistas o médico do Milan, Jean-Pierre Meersseman.

Outro que espera retornar à ação é o defensor Alessandro Nesta, que não joga há meses, também devido a uma lesão.

O técnico dos "rossoneros", Carlo Ancelotti, precisa de boa sorte para que seu time volte a ganhar o "scudetto", depois de cinco anos, e assim assegurar seu lugar no banco.

Uma derrota deixaria o Milan com 11 pontos de diferença em relação à Inter, a 14 jogos do final do torneio.

Já a Inter terá o retorno de Adriano, que cumpriu suspensão.

O goleiro Julio Cesar está confiante, mas lembrou que no último jogo entre as duas equipes de Milão Ronaldinho Gaúcho foi o autor do único gol da partida, garantindo 1 x 0 para o Milan.

"Ganhar do Milan nos daria confiança extra e eliminaria um candidato ao título. Naturalmente o Milan pode estar desfalcado de um grande jogador. Mas Ronaldinho marcou contra mim no início da temporada e temos que ficar de olho em (Alexandre) Pato", disse o goleiro ao jornal La Gazzetta dello Sport.

 
<p>O meia Kak&aacute;, do Milan, espera um milagre para jogar o cl&aacute;ssico que sua equipe disputar&aacute; no domingo contra a Inter de Mil&atilde;o -- o time precisa ganhar para manter vivas as suas esperan&ccedil;as de lutar pelo t&iacute;tulo do Campeonato Italiano. REUTERS/Giampiero Sposito</p>