Murray derrota Nadal contundido no Torneio de Roterdã

domingo, 15 de fevereiro de 2009 14:55 BRT
 

Por Theo Ruizenaar

ROTERDÃ (Reuters) - O britânico Andy Murray se impôs ao número um do mundo Rafael Nadal em parciais de 6-3, 4-6 e 6-0 na decepcionante final deste domingo do Torneio de Roterdã, assolado por contusões.

Murray foi menos prejudicado por seu problema no tornozelo do que Nadal por seu problema no joelho direito, que o obrigou a solicitar um médico no terceiro game do segundo set.

Depois ambos perderam o serviço quatro vezes seguidas, o que deu a Nadal a oportunidade de fechar o set mesmo sem conseguir nenhuma potência no saque.

"Acho que o primeiro set foi muito bom, joguei bem e não vi nada de errado com a movimentação do Nadal", disse Murray aos repórteres.

"Mas depois do tempo técnico ele não conseguia mais correr e só batia forte na bola na linha de fundo", disse, acrescentando: "Foi decepcionante no sentido de não ter sido um espetáculo muito bom no final."

Murray, número quatro do ranking, sabia que precisava jogar seu melhor tênis para bater Nadal, mas nenhum dos tenistas atingiu o alto nível exibido em rodadas anteriores.

"Depois do primeiro set e do problema de Nadal, eu realmente lutei para fechar meus games de serviço e fiquei um pouco nervoso", disse Murray.

Murray se tornou o primeiro britânico a vencer o torneio de Roterdã. Tim Henman perdeu três finais em 1999, 2000 e 2002.

Nadal se recusou a culpar sua contusão por sua segunda derrota consecutiva para Murray depois da semifinal do Aberto dos EUA em 2008.

"Murray simplesmente jogou melhor hoje", disse Nadal, que acrescentou: "Tentei, mas não consegui dar mais nada no terceiro set."

 
<p>O brit&acirc;nico Andy Murray bateu o n&uacute;mero um do mundo, Rafael Nadal, por dois sets a um, com parciais de 6-3, 4-6 e 6-0, numa final decepcionante do Torneio Mundial Indoor neste domingo. REUTERS/Paul Vreeker (NETHERLANDS)</p>