ING, patrocinador da Renault, deixará Fórmula 1 no fim de 2009

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009 11:18 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O grupo financeiro holandês ING, patrocinador da equipe Renault na Fórmula 1, anunciou nesta segunda-feira que deixará a categoria no fim da temporada de 2009.

"Com base no programa de redução de custos recentemente anunciado, o ING confirma hoje que não renovará o contrato de três anos (2007-2009) de patrocínio com a Renault F1 e que dará fim à sua presença na Fórmula 1 no fim da temporada de 2009", afirmou o grupo em comunicado.

Além de patrocinar os ex-campeões mundiais, que têm o bicampeão Fernando Alonso como principal piloto, o ING estava muito envolvido com a publicidade à beira das pistas.

O grupo é o patrocinador oficial dos Grandes Prêmios da Austrália -- que abre a temporada em 29 de março -- e de Bélgica, Hungria e Turquia.

Além disso, o grupo financeiro holandês teve anúncios em 13 das 18 corridas da última temporada.

O grupo anunciou no mês passado que vai cortar 1 bilhão de euros (1,29 bilhão de dólares) em despesas operacionais em 2009, além de cortar 7 mil postos de trabalho ao redor do mundo para ficar com 130 mil funcionários.

O ING é o principal patrocinador da Renault e, de acordo com dados estimados em um relatório no ano passado, é o segundo maior parceiro da categoria.

O relatório Formula Money estimava que o ING gasta cerca de 86 milhões de dólares anualmente na categoria, com aproximadamente 65 milhões de dólares direcionados à Renault.

(Reportagem de Alan Baldwin)