Por crise, Rússia corta 15% dos gastos com Olimpíada de Inverno

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009 09:37 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A Rússia cortou em 15 por cento o seu orçamento para a Olimpíada de Inverno de 2014, disse o vice-premiê Dmitry Kozak na terça-feira, segundo agências de notícias russas.

"Deixamos o orçamento para os estádios 15 por cento mais baixo" do que o que se planejava originalmente, disse Kozak, segundo a agência Interfax. Kozak está supervisionando as preparações para os Jogos em Sochi, perto do mar negro.

Em novembro, ele disse que a Rússia iria tentar economizar nos preparativos para os Jogos, devido à crise.

O processo de redução de gastos será aplicado a todos os grandes projetos de construção nos quais o Estado estiver envolvido, não só os relacionados às Olimpíadas, disse o vice-premiê na ocasião.