February 17, 2009 / 11:53 PM / 8 years ago

Brasil quer ao menos 4 pontos nos próximos jogos da eliminatória

3 Min, DE LEITURA

RIO (Reuters) - Empolgada com a vitória sobre a campeã mundial Itália, a comissão técnica da seleção brasileira espera somar ao menos 4 pontos nos próximos dois jogos das eliminatórias para se aproximar da vaga na Copa da África do Sul, no ano que vem, informou o supervisor da CBF, Américo Faria.

"Começamos 2009 com o pé direito e vamos ver se nos dois jogos pelas eliminatórias a gente já consolida a proximidade da classificação", disse Faria nesta terça-feira.

"O objetivo é sempre somar seis pontos, mas se fizer um ponto fora e três em casa está de bom tamanho", acrescentou.

O Brasil enfrenta a seleção do Equador, no dia 29 de março, e depois recebe o Peru, em 1o de abril.

Segundo o supervisor da CBF, o jogo em Quito, contra o Equador, tende a ser mais complicado que a partida contra a seleção peruana, que deve ocorrer em Porto Alegre.

"É lógico que a altitude preocupa. Esse é o principal adversário de um país que não tem altitude. É uma vantagem marcante", disse ele sobre o jogo a cerca de 2.800 metros acima do nível do mar.

O planejamento da seleção brasileira prevê que o Brasil siga para Quito somente no dia do jogo. O time deve ficar hospedado em Guayaquil até a véspera da partida para evitar os efeitos da altitude.

A seleção deve ser convocada para os dois jogos no dia 12 de março pelo técnico Dunga, de acordo com Faria.

O trabalho de observação de Dunga, que tem dado chances a novos valores, foi elogiado pelo dirigente. "O trabalho está sendo bem feito e Dunga e Jorginho atuaram anos no exterior e têm bons contatos para dar informações", avaliou Américo Faria.

O volante Felipe Melo foi convocado pela primeira vez para seleção e atuou como titular na vitória sobre a Itália, por 2 x 0, em amistoso em Londres neste mês. "A gente fica satisfeito quando o atleta vem e aproveita bem a oportunidade", declarou Faria.

O Brasil é vice-líder das eliminatórias com 17 pontos, 6 a menos que o líder Paraguai.

Por Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below