México respalda técnico Eriksson apesar de resultados

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009 11:54 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O Comitê de Seleções Nacionais do México ratificou na quarta-feira o técnico Sven-Goran Eriksson como treinador da equipe, apesar dos resultados decepcionantes nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010.

Sob o comando de Eriksson, o México conseguiu uma sofrida classificação para o hexagonal final das eliminatórias da Concacaf, e as críticas aumentaram depois da derrota por 2 x 0 para os Estados Unidos no primeiro jogo da fase decisiva, este mês.

Entretanto, os dirigentes do futebol no país decidiram depositar um voto de confiança no treinador sueco.

"Sven não pode ter sua cabeça na guilhotina. Ele tem que trabalhar com confiança e estamos dando isso a ele. Não estamos o ameaçando, pelo contrário, estamos dando todo apoio que ele precisa", disse o presidente da Federação Mexicana de Futebol (FMF), Justino Compean.

Desde que foi contratado, em junho de 2008, Eriksson registra mais derrotas do que vitórias: Entre jogos oficiais e amistosos, são cinco derrotas, quatro vitórias e um empate.

O próximo compromisso do México nas eliminatórias será no dia 28 de março, contra a Costa Rica, no estádio Azteca, na Cidade do México. Antes, a equipe fará um amistoso contra a Bolívia, em 11 de março, nos EUA.

Também disputam o hexagonal El Salvador, Honduras e Trinidad e Tobago.

(Reportagem de Carlos Calvo)

 
<p>T&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o mexicana Sven-Goran Eriksson, durante entrevista coletiva em 12 de fevereiro, na Cidade do M&eacute;xico. Os dirigentes do pa&iacute;s decidiram dar um voto de confian&ccedil;a ao t&eacute;cnico, ap&oacute;s a derrota para os EUA. REUTERS/Felipe Leon (MEXICO)</p>