Shakhtar vence Hostpur pela Copa da Uefa

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009 12:52 BRT
 

Por Justin Palmer

LONDRES (Reuters) - O bicampeão Tottenham Hostpur ficou em situação complicada na Copa da Uefa ao levar dois gols do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, no final da partida de quinta-feira, no jogo de ida da primeira rodada do mata-mata da competição.

O Shakhtar, que não disputava partidas oficiais desde o começo de dezembro, só abriu o placar a 12 minutos do final, no gélido Olympiyskiy Stadium.

O reserva Yevgen Seleznov abriu o placar segundos depois de entrar em campo, aos 33 do segundo tempo, cabeceando uma falta cobrada pelo brasileiro Jadson.

O goleiro Gomes, também brasileiro, aparentemente não foi tocado no lance, mas caiu com as mãos na cabeça e precisou ser atendido, sob muitas vaias da torcida local.

O mesmo Jadson faria o segundo gol do jogo, dez minutos depois, numa tabela pela direita até criar espaço e tocar para o fundo das redes de Gomes.

A partida de volta em White Hart Lane, na semana que vem, acontecerá apenas três dias antes de o Hotspur disputar a final da Copa da Liga contra o Manchester United. No Campeonato Inglês, o time está ameaçado de rebaixamento e pega o Hull City na segunda-feira.

OUTROS JOGOS

No estádio Artemio Franchi, em Florença, o meia sueco fez o único gol do jogo, para o visitante Ajax sobre a Fiorentina. O time italiano, semifinalista em 2008, terá agora que vencer fora de casa para seguir na Copa da Uefa.

O Twente Enschede, em segundo lugar no Campeonato Holandês, manteve a boa fase e surpreendeu o Olympique Marseille no Stade Velodrome. O austríaco Marko Arnautovic marcou o único gol do jogo, aos 22 do primeiro tempo, aproveitando cruzamento de Blaise Nkufo.

Numa partida sobre a neve, no estádio Parken, em Copenhague, o reserva Martin Vingaard marcou de cabeça o gol que deu ao Copenhague o empate por 2 x 2, já nos descontos, contra o Manchester City.

 
<p>O bicampe&atilde;o Tottenham Hostpur ficou em situa&ccedil;&atilde;o complicada na Copa da Uefa ao levar dois gols do Shakhtar Donetsk, da Ucr&acirc;nia, no final da partida de quinta-feira, no jogo de ida da primeira rodada do mata-mata da competi&ccedil;&atilde;o. REUTERS/Gleb Garanich (UKRAINE)</p>