Honda está perto de fechar venda da equipe de F1, diz jornal

terça-feira, 3 de março de 2009 10:28 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A Honda Motor está prestes a concluir a venda da sua equipe de Fórmula 1, disse na terça-feira o maior jornal japonês, sem identificar o comprador.

A equipe deve testar nesta semana um novo carro, com motor Mercedes, num claro sinal de que continuará na categoria apesar da desistência da Honda, anunciada em dezembro como resultado da crise financeira global.

"Esperamos poder fazer um anúncio da empresa e da equipe no futuro próximo", disse uma fonte da montadora japonesa ao Yomiuri Shimbun.

De acordo com o jornal, o piloto Jenson Button e o diretor Ross Brawn permaneceriam, mas sem mencionou o segundo piloto da equipe em 2008, o brasileiro Rubens Barrichello.

Para disputar o primeiro GP do ano, em 29 de março na Austrália, a Honda teria de embarcar seus carros com pelo menos uma semana de antecedência.

O grupo Virgin, do empreendedor britânico Richard Branson, foi citado em especulações como possível comprador da equipe, mas a Honda em fevereiro disse que não havia nenhum sério interessado.

As opções mais claras, então, seriam uma compra da equipe pelos seus próprios executivos, ou então a desativação da escuderia, que tem sede na Grã-Bretanha e emprega cerca de 700 pessoas.

Uma porta-voz da Honda disse que não há novidade e que as negociações prosseguem.

(Reportagem de Isabel Reynolds)