Jogadores uruguaios entram em greve e paralisam campeonato

terça-feira, 3 de março de 2009 13:15 BRT
 

MONTEVIDÉU (Reuters) - Jogadores uruguaios entraram em greve por causa do atraso de salários e premiações, forçando o adiamento das partidas desta semana da liga nacional.

"Os clubes têm até a tarde de sexta-feira para pagar as dívidas", disse o presidente do sindicato dos jogadores, Enrique Saraiva, em entrevista a uma rádio.

"Se elas forem pagas, o campeonato recomeça no fim de semana."

O campeonato de 2008-2009 já havia sido suspenso duas vezes por causa de problemas de segurança e brigas de torcedores.

A mídia uruguaia afirma que o Nacional, um dos maiores clubes do país, deve cerca de 160 mil dólares a seus jogadores, e que o arquirrival Peñarol deve cerca de 50 mil dólares.

O Villa Española foi impedido de jogar o segundo turno do campeonato, que começou há 10 dias, por que devia cerca de 50 mil dólares para os jogadores.

(Reportagem de Conrado Hornos)