Mourinho será julgado por comentários sobre arbitragem na Itália

quinta-feira, 5 de março de 2009 12:21 BRT
 

ROMA (Reuters) - O técnico da Inter de Milão, José Mourinho, será julgado por um tribunal da federação italiana após ter sido acusado de ter feito "comentários prejudiciais à reputação dos árbitros", por ter dito que a Juventus havia sido beneficiada por erros de arbitragem nesta temporada, informou a federação em comunicado.

Acreditava-se que o treinador receberia uma punição pelas afirmações, no entanto um tribunal vai decidir se o técnico português será multado ou será proibido de comandar o time da beira do gramado em algumas partidas.

O meia da Roma Daniele De Rossi recebeu a mesma acusação de ofensa aos árbitros por ter afirmado que o atacante Mario Balotelli, da Inter, simulou um pênalti no empate de 3 x 3 entre Inter e Roma, no domingo.

Já Balotelli foi acusado de ter feito gestos obscenos contra um jogador adversário.

 
<p>O t&eacute;cnico da Inter de Mil&atilde;o, Jos&eacute; Mourinho, ser&aacute; julgado por um tribunal da federa&ccedil;&atilde;o italiana ap&oacute;s ter sido acusado de ter feito "coment&aacute;rios prejudiciais &agrave; reputa&ccedil;&atilde;o dos &aacute;rbitros", por ter dito que a Juventus havia sido beneficiada por erros de arbitragem nesta temporada, informou a federa&ccedil;&atilde;o em comunicado. EUTERS/Stefano Rellandini ( ITALY )</p>