Nova Honda se chamará Brawn GP e terá Barrichello como piloto

quinta-feira, 5 de março de 2009 21:50 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A equipe Honda de Fórmula 1 teve seu salvamento anunciado na sexta-feira (horário local, noite de quinta no Brasil), cerca de três semanas antes do início da temporada da categoria, e competirá com o nome de Brawn GP, informou a nova escuderia.

O brasileiro Rubens Barrichello e o britânico Jenson Button serão os pilotos da Brawn. A dupla é a mesma que pilotou para a Honda na temporada passada. O campeonato começa no dia 29 de março, na Austrália.

A nova equipe será comandada por Ross Brawn, novo proprietário do time, e usará motores Mercedes.

"A Honda Motor Company Limited e Ross Brawn estão felizes em confirmar que fecharam um acordo para garantir o futuro da antiga Honda Racing F1 Team", afirma o comunicado.

"A Honda passará a propriedade (da equipe) para Ross Brawn, diretor da Brawn GP Formula One Team, imediatamente."

Brawn, ex-diretor técnico da Ferrari, disse estar ansioso pela nova temporada, após meses de dúvidas sobre a sobrevivência da equipe depois do anúncio feito pela Honda em dezembro de que sairia da categoria.

"Os últimos meses foram de grandes desafios para a equipe, mas o anúncio de hoje é a conclusão bastante satisfatória dos esforços extenuantes que fizemos para garantir seu futuro", disse ele.

"Quero agradecer à Honda pela cooperação fantástica e apoio que recebemos ao longo desse processo, particularmente dos integrantes da direção da empresa, que estiveram envolvidos de perto na conclusão do acordo, e pela fé que mostraram em mim e na nossa equipe."

 
<p>A equipe Honda de F&oacute;rmula 1 teve seu salvamento anunciado na sexta-feira (hor&aacute;rio local, noite de quinta no Brasil), cerca de tr&ecirc;s semanas antes do in&iacute;cio da temporada da categoria, e competir&aacute; com o nome de Brawn GP, informou a nova escuderia. REUTERS/Stephen Hird</p>