Brawn diz que nova equipe de F1 já superou maior desafio

sexta-feira, 6 de março de 2009 14:29 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - A antiga equipe Honda de Fórmula 1 já superou seu maior obstáculo ao assegurar a sobrevivência no esporte, e pode esperar por um início "respeitável" quando estrear na Fórmula 1 como Brawn GP, de acordo com o novo dono, Ross Brawn.

A primeira corrida na Austrália será em 29 de março, e a equipe, cuja mudança de donos foi anunciada na sexta-feira após meses de incerteza, está se aprontando para completar o grid de largada.

"O maior obstáculo que enfrentamos era estar em condições de correr em Melbourne, e agora estamos em condições de alcançar esse objetivo", disse Brawn ao site da equipe, que terá como pilotos o brasileiro Rubens Barrichello que o britânico Jenson Button, ambos ex-Honda.

"Inicialmente podemos enfrentar alguns problemas de confiabilidade do carro devido à falta de testes, mas nós sentimos que temos um bom carro e esperamos que nossa atuação será respeitável", acrescentou.

"Estamos confiantes nos fundamentos do projeto principal do nosso carro e apostamos na oportunidade de desenvolvê-lo no decorrer da temporada", acrescentou o ex-chefe da Honda e que também já foi o diretor-técnico da Ferrari.

Desde que a Honda anunciou em dezembro que não manteria sua equipe de Fórmula 1, devido à crise de crédito global, os 700 funcionários da escuderia viviam a incerteza sobre seu futuro.

Brawn disse que comprou a equipe, acrescentando que fechar de vez a escuderia era a última opção para a montadora japonesa.

"Como dono, vou continuar recebendo apoio da atual equipe de administração, que trabalhou junto comigo durante o processo de compra e vai continuar fazendo isso no futuro."   Continuação...

 
<p>Ross Brawn, novo dono da Honda, agora Brown GP, em foto de arquivo de 2008. Bran afirmou que a nova equipe de F1, anunciada na sexta-feira, j&aacute; superou maior desafio. REUTERS/Yuriko Nakao/Files</p>