Novo técnico do Napoli, Donadoni minimiza expectativas

quarta-feira, 11 de março de 2009 12:05 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O ex-técnico da seleção italiana, Roberto Donadoni, avisou aos torcedores de seu novo clube, o Napoli, que não esperem muito durante seus primeiros meses à frente da equipe.

Donadoni, de 45 anos, que foi demitido da Itália após a eliminação nas quartas-de-final da Euro 2008, assumiu o time da Série A no lugar de Edy Reja.

O clube de Nápoles vinha lutando por uma vaga na próxima Liga dos Campeões ou na Copa da Uefa, mas uma série de nove jogos sem vitórias no Campeonato Italiano derrubaram a equipe para o 11o lugar.

"O time não está passando por um momento fácil, não faz sentido falar sobre competições europeias", disse Donadoni em entrevista coletiva, nesta quarta-feira.

"Primeiro eu tenho que conhecer quais jogadores eu tenho disponíveis. Vou falar com Reja e com os jogadores, e então vou começar a trabalhar. Tenho algumas ideias, mas primeiro tenho que encarar minha nova realidade", acrescentou.

Quando comandava a seleção italiana, que perdeu nos pênaltis para a eventual campeã Espanha na Euro, Donadoni foi criticado por sua simplicidade tática e falta de postura ofensiva da equipe.

O ex-meio-campista do Milan e da seleção tornou-se técnico da Itália em 2006 apesar de ter pouca experiência no comando de clubes, tendo como maior destaque a classificação do Livorno para a Copa da Uefa.

O Napoli, que tem uma das maiores torcidas da Itália e conta com o apoio financeiro do produtor de cinema Aurelio De Laurentis, está em sua segunda temporada de volta na Série A e conta com duas das mas empolgantes jovens promessas do futebol italiano: o eslovaco Marek Hamsik e o argentino Ezequial Lavezzi.

O time, da terceira maior cidade italiana, conquistou apenas duas vezes o título nacional, em 1987 e 1990, graças a Diego Maradona.

O ex-técnico Reja, que levou o Napoli da terceira divisão para a Serie A em cinco anos, deixou a equipe após a derrota em casa por 2 x 0 para o Lazio no domingo.

(Por Mark Meadows)

 
<p>T&eacute;cnico do Napoli, Roberto Donadoni, minimiza expectativas dos torcedores. 23/6/2008 REUTERS/Tony Gentile (&Aacute;USTRIA)</p>