Milan tem dilema a resolver sobre Kaká contra o Siena

quinta-feira, 12 de março de 2009 11:20 BRT
 

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - Kaká espera estar em forma para o jogo do Milan fora de casa contra o Siena, no domingo, pelo Campeonato Italiano, mas uma mudança tática na equipe significa que o meia pode ter problemas para recuperar a vaga no time titular.

O jogador da seleção brasileira, que em janeiro recusou uma proposta recorde para trocar o Milan pelo Manchester City, não entra em campo desde que machucou o pé no empate de 1 x 1 do Milan com o Reggina, em 7 de fevereiro.

"Assim que eu conseguir controlar a dor, vou voltar, mesmo que eu ainda esteja com um pouco de dor", disse Kaká a repórteres. "Até semana passada eu não estava suportando a dor, espero controlar melhor a dor nos próximos jogos."

Os meias Ronaldinho Gaúcho e Clarence Seedorf também desfalcaram a equipe na vitória do último fim de semana sobre o Atalanta por 3 x 0, quando o técnico Carlo Ancelotti escalou a equipe com dois atacantes e apenas um meia, em vez da formação com dois meias e um só homem de área.

A tática funcionou, com o atacante Filippo Inzaghi, raramente titular nesta temporada, marcando os três gols, enquanto David Beckham saiu-se muito bem na nova função, atrás dos atacantes.

Beckham, que renovou seu empréstimo do Los Angeles Galaxy até o fim da temporada, espera se recuperar de uma torção no tornozelo para encarar o Siena.

Kaká também não está garantido como titular, e o Milan não quer forçar seu retorno, especialmente após a boa apresentação sem o brasileiro.

 
<p>Kak&aacute;, em foto de arquivo, pode perder sua vaga caso o sistema t&aacute;tico do Milan mude para o jogo contra o Siena, no domingo. REUTERS/Giampiero Sposito</p>