Agora com Barrichello, Brawn volta a liderar testes da F1

quinta-feira, 12 de março de 2009 17:35 BRT
 

RIO (Reuters) - A Brawn GP voltou a liderar os testes de pré-temporada da Fórmula1 no circuito do Grande Prêmio da Espanha, nesta quinta-feira, desta vez com o brasileiro Rubens Barrichello estabelecendo a volta mais rápida entre todas as equipes.

Barrichello, que só garantiu sua vaga no grid para a temporada após a venda da ex-equipe Honda para Ross Brawn, na semana passada, estabeleceu a volta mais rápida da semana de testes no circuito da Catalunha, em Barcelona, com 1min18s926.

"Nosso carro provou ser rápido e confiável durante toda a semana, então, vamos para Jerez com um sentimento positivo e entusiasmados com os resultados do nosso primeiro teste", afirmou Barrichello, que completou 110 voltas com o novo BGP001, em comunicado.

Na semana que vem, as escuderia se mudam para Jerez, no sul da Espanha, onde acontecem os últimos testes antes do início da temporada, na Austrália, em 29 de março.

"Estou muito satisfeito com a milhagem que completamos em mais um treino de simulação de corrida. O nosso exercício de classificação também foi bem utilizado, permitindo acharmos uma boa perspectiva para Melbourne", acrescentou.

O companheiro do brasileiro na Brawn, Jenson Button, já havia colocado a equipe estreante no topo da lista de tempos na quarta-feira, quando também andou à frente de todos os adversários.

Atrás de Barrichello nesta quinta-feira ficou o alemão Nico Rosberg, da Williams, com 1min18s774, e Timo Glock, da Toyota, ficou em terceiro, com 1min20s091. A bordo da Ferrari, Felipe Massa foi o sexto mais veloz do último dia de testes no circuito da Catalunha, enquanto o inglês Lewis Hamilton, atual campeão pela McLaren, ficou em oitavo.

A Brawn GP esteve entre os primeiros colocados dos testes em Barcelona durante os quatro dias de treino, contrariando as expectativas, após toda incerteza sobre o futuro da escuderia desde que a Honda anunciou em dezembro que estava deixando o esporte.

Antes de colocar a equipe à venda, no entanto, a Honda havia investido pesado no carro para este ano. Como ficou fora da disputa por vitórias em 2008, s equipe pode se dedicar com antecedência à preparação do carro para esta temporada.

(Por Pedro Fonseca)