Manchester tenta esconder "ódio" de Rooney pelo Liverpool

sexta-feira, 13 de março de 2009 12:46 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O comentário do atacante do Manchester United Wayne Rooney de que "odiava" o rival Liverpool foi removido do site dos líderes do Campeonato Inglês antes da partida de sábado entre os dois concorrentes ao título.

"Estou muito animado para a partida, porque eu cresci como torcedor do Everton, odiando o Liverpool -- e isso não mudou", disse o atacante da seleção inglesa ao site do Manchester, na quinta-feira.

O artigo com a declaração de Rooney foi depois alterado. "Estou muito animado para a partida, porque eu cresci como torcedor do Everton", segundo a nova versão.

"Os comentários foram removidos. Nós (o clube) entendemos o que ele estava tentando dizer, mas não queremos que a mídia faça sensacionalismo", disse um porta-voz do Manchester United à Reuters.

Rooney, que começou sua carreira no Everton, maior rival do Liverpool, transferiu-se em agosto de 2004 para o Manchester United, que também tem grande rivalidade com a equipe de Anfield.

O Manchester chega para a partida no Old Trafford sete pontos à frente de Chelsea e Liverpool, com um jogo a mais que os dois concorrentes e a apenas 11 jogos do fim da temporada.

Para o Liverpool, uma derrota significaria praticamente dar adeus à disputa pelo título.

"Estamos na pole position na corrida pelo título, e sabemos que se vencermos o Liverpool, então vamos praticamente acabar com as chances deles na liga", acrescentou Rooney.

O Liverpool se recusou a comentar a declaração do atacante quando contactado pela Reuters.

(Reportagem de Neil Maidment)

 
<p>Wayne Rooney, do Manchester United, ap&oacute;s partida do clube na Liga dos Campe&otilde;es em 2008. REUTERS/Darren Staples</p>