Fifa espera escapar da crise global; receita cresce em 2008

sexta-feira, 20 de março de 2009 13:04 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - A Fifa está confiante que passará ao largo da crise econômica global, após a divulgação dos resultados da entidade, nesta sexta-feira, ter revelado um aumento na receita de 2008.

As receitas subiram de 882 milhões de dólares em 2007 para 957 milhões no ano passado, enquanto os gastos caíram de 833 milhões para 773 milhões, de acordo com o balanço anual da Fifa.

O aumento da receita aconteceu principalmente devido a acordos de marketing para as próximas Copa do Mundo.

"Esperamos que, graças ao nosso longo relacionamento com os nossos parceiros, os efeitos da crise econômica global tenham apenas um impacto limitado nas receitas da Fifa", disse o presidente da entidade, Joseph Blatter, no balanço.

"A situação servirá de incentivo para os clubes prestarem mais atenção às divisões de base e para reforçarem suas identidades regionais."

(Reportagem de Mark Meadows)

 
<p>A Fifa est&aacute; confiante que passar&aacute; ao largo da crise econ&ocirc;mica global, ap&oacute;s a divulga&ccedil;&atilde;o dos resultados da entidade, nesta sexta-feira, ter revelado um aumento na receita de 2008. REUTERS/Fadi Al-Assaad</p>