Massa está feliz com a permanência do sistema de pontos da F1

terça-feira, 24 de março de 2009 15:49 BRT
 

MILÃO (Reuters) - Felipe Massa, da Ferrari, está satisfeito que o título desta temporada da Fórmula 1 será decidido por pontos, e não pelo número de vitórias, apesar do fato de que teria conquistado o campeonato no ano passado sob o sistema de vitórias.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) disse na semana passada que o vencedor de mais corridas conquistaria o título de pilotos deste ano mas recuou da decisão após pressão da associação dos pilotos da Fórmula 1 (Fota, na sigla em inglês).

A Fota gostaria que o vencedor das corridas conquistasse 12 pontos ao invés dos atuais 10 mas, agora, o sistema antigo deve continuar.

A primeira corrida na temporada será domingo, na Austrália.

"Eu diria que a regra de dar o título ao piloto que vencer mais corridas não é correto", disse Massa ao site da Ferrari nesta terça-feira.

"Um piloto pode vencer mais corridas, mas pode ser muito inconsistente em sua performance, sem ganhar muitos pontos. Neste caso eu acho que ele não merece o título."

O brasileiro perdeu o título da temporada passada por apenas um ponto para Lewis Hamilton, da McLaren, mas venceu seis corridas contra cinco do britânico.

"Realmente não estou interessado no fato de que em tal sistema eu teria vencido o título no ano passado. Estou interessado no que é certo para o nosso esporte", acrescentou Massa.

"Creio que a melhor ideia foi a apresentada pelas equipes, na qual o vencedor das corridas teria muito mais pontos que o segundo colocado. Se a FIA não gostou desta ideia, acredito que é melhor continuarmos com o sistema do ano passado."   Continuação...

 
<p>Piloto brasileiro de F&oacute;rmula 1, Felipe Massa, da Ferrari, em foto de arquivo, se disse feliz nesta ter&ccedil;a-feira com a perman&ecirc;ncia do sistema de pontos para a decis&atilde;o do campe&atilde;o da temporada. REUTERS/Bruno Domingos/Files</p>