Ferrari teve melhor custo-benefício das equipes em 2008--estudo

terça-feira, 24 de março de 2009 17:20 BRT
 

MILÃO (Reuters) - A Ferrari foi a escuderia de Fórmula 1 mais eficiente em custos na temporada passada, mostrou um relatório nesta terça-feira.

Embora as equipes de F1 tenham aumentado seus orçamentos em 10 por cento, em média, em 2008 em comparação com a temporada anterior, a Ferrari foi a equipe de melhor desempenho no custo-benefício, de acordo com a empresa italiana de consultoria esportiva StageUp.

Segundo estimativas do relatório, a Ferrari investiu 328,2 milhões de euros para vencer oito corridas e conquistar 172 pontos na temporada passada, enquanto a japonesa Toyota e a antiga Honda foram as últimas da lista sobre a eficiência em gastos.

A McLaren ficou na segunda posição, com um orçamento de 342,7 milhões de euros para seis vitórias e 151 pontos na temporada.

Os aumentos nos orçamentos provaram que muito trabalho deve ser feito para que se atinjam as metas da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) de cortar os custos a partir de 2010 em diante.

A StageUp disse que cada vitória teve custo de cerca de 135 milhões de euros na temporada anterior, quatro vezes mais que o orçamento anual estipulado pela FIA para 2010.

Apesar da atual desaceleração econômica, o relatório disse também que empresas de telecomunicação e financeiras seguem como as maiores patrocinadoras da Fórmula 1, com um investimento total de mais de 280 milhões de euros.

(Reportagem de Antonella Ciancio)