Após polêmica, Robinho diz que não tem mágoa de Pelé

quarta-feira, 25 de março de 2009 22:08 BRT
 

TERESÓPOLIS (Reuters) - O atacante Robinho disse nesta quarta-feira que não tem mágoa de Pelé, depois que o ex-jogador declarou ter sido mal interpretado em uma declaração sobre drogas.

"Acho que foi um mal-entendido, o Pelé acabou se equivocando, mas não tenho mágoa dele não. Também não estou muito preocupado com isso, estou preocupado em me concentrar na seleção e em jogar futebol", afirmou Robinho em entrevista coletiva em Teresópolis (RJ), onde o Brasil se prepara para os jogos contra Equador e Peru, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

"Nunca tive qualquer tipo de problema com droga, até porque se tivesse, não estaria aqui hoje na seleção."

Em evento do setor de turismo em São Paulo na semana passada, Pelé disse ao público que o número de jogadores de futebol envolvidos com drogas era pequeno, e emendou: "Se você vir o número de jogadores que temos em todo o mundo, é injusto falar de droga no futebol. É um ou dois casos", disse Pelé, em declarações reproduzidas pela rádio paulista Jovem Pan em seu site.

"O que aconteceu infelizmente com o Ronaldo, o Robinho, que teve esse problema, são um ou dois casos", acrescentou Pelé.

Robinho pediu uma retratação formal e nesta quarta-feira Pelé disse à TV Globo que "o que aconteceu foi um mal-entendido e levaram a informação errada para ele".

(Reportagem de Pedro Fonseca)

 
<p>O atacante brasileiro Robinho durante coletiva de imprensa em Teres&oacute;polis. 25/03/2009. REUTERS/Sergio Moraes</p>