Brawn está perto de fechar patrocínio com Virgin, diz Ecclestone

sexta-feira, 27 de março de 2009 12:20 BRT
 

MELBOURNE (Reuters) - O Virgin Group, do empresário britânico Richard Branson, está perto de se tornar a primeira grande patrocinadora da nova equipe Brawn GP, disse nesta sexta-feira Bernie Ecclestone, dono dos direitos comerciais da F1.

"A Virgin e a Brawn estão fechando os termos comerciais que ele (Branson) acredita serem viáveis", disse Ecclestone, segundo o jornal britânico Times. "A empresa e a equipe estão felizes."

"Eu vinha tentando, tentando, tentado e tentado", acrescentou. "Estou satisfeito que eles conseguiram ir em frente e estão perto de um acordo. É bom para a equipe, é bom para a Fórmula 1, eu estou muito feliz com isso."

Não houve qualquer comentário imediato da equipe na abertura da temporada, no Grande Prêmio na Austrália, onde os pilotos da Brawn, Jenson Button e Rubens Barrichello, estão entre os favoritos para vencer a corrida de domingo após os bons resultados nos testes de pré-temporada.

A Brawn nasceu da antiga equipe Honda, após a montadora japonesa ter anunciado em dezembro que estava desistindo da F1 devido à crise global de crédito.

O novo carro com motores Mercedes e o legado de um ano e meio de intenso trabalho da Honda tiveram bom resultado, e Barrichello foi o segundo mais veloz no treino desta sexta-feira para a corrida em Melbourne.

Branson esteve ligado à equipe como um possível comprador, antes de a Honda aceitar um resgate liderado pelo ex-chefe da escuderia, Ross Brawn.

O jornal Times disse que um acordo multimilionário deve ser anunciado no sábado, com a presença de Branson em Melbourne.

(Reportagem de Alan Baldwin)

 
<p>Piloto da Brawn GP Rubens Barrichello durante treino para o GP da Austr&aacute;lia, em Melbourne. 27/03/2009. REUTERS/Daniel Munoz</p>