Julio César garante empate do Brasil contra Equador

domingo, 29 de março de 2009 20:41 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil passou a maior parte do tempo sob pressão na defesa e teve no goleiro Julio César seu melhor jogador em campo no empate de 1 x 1 contra o Equador, que conseguiu, neste domingo, manter a invencibilidade contra a seleção brasileira jogando em casa nas eliminatórias da Copa do Mundo.

Mesmo jogando encolhido em seu campo e pressionado desde o início da partida, o time do técnico Dunga caminhava para a primeira vitória contra os equatorianos no torneio graças a um gol de Júlio Baptista, aos 27 minutos do segundo tempo.

No entanto, um gol de Cristian Noboa aos 44 minutos, numa bola indefensável, decretou o empate em Quito, a 2.800 metros de altitude, onde o Brasil fora derrotado nas duas últimas eliminatórias da Copa do Mundo por 1 x 0.

"A gente suportou bem até o finalzinho, realmente foi um castigo para todos nós", disse em entrevista no gramado o goleiro brasileiro, que foi o responsável por salvar a equipe de uma nova derrota.

"A gente sabia que ia ser um jogo difícil, a gente não conseguiu mostrar nosso melhor futebol. Eles tem jogadores que não param de correr um minuto", acrescentou o jogador da Inter de Milão.

O resultado tirou a seleção brasileira da vice-liderança das eliminatórias, sendo superada pela Argentina, que no sábado venceu a Venezuela e chegou aos 19 pontos. Com 18 pontos em 11 jogos, o Brasil ainda pode ser superado pelo Chile, que pega o Peru ainda neste domingo e chegará aos 19 pontos se vencer. A liderança segue com o Paraguai, com 23 pontos.

Na quarta-feira, o Brasil recebe o Peru, em Porto Alegre.

DEFESAS MILAGROSAS

Melhor em toda a partida, o Equador perdeu várias chances de marcar e só foi impedido de abrir o placar no primeiro tempo pelo goleiro Júlio César e a trave.   Continuação...

 
<p>J&uacute;lio Baptista comemora gol marcado no empate do Brasil por 1 x 1 com o Equador, em Quito, nas eliminat&oacute;rias da Copa do Mundo. REUTERS/Teddy Garcia</p>