Uruguai tenta pôr fim ao sucesso do Chile de Bielsa

terça-feira, 31 de março de 2009 15:45 BRT
 

Por Brian Homewood

BUENOS AIRES (Reuters) - O Uruguai tentará interromper a boa fase da seleção chilena comandada por Marcelo Bielsa quando as duas equipes se enfrentarem, na quarta-feira, em Santiago, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

"Não somos um time inferior ao Chile. Essa é uma partida em que podemos atacá-los", disse o técnico do Uruguai, Oscar Tabaréz, cujo time venceu o Paraguai por 2 x 0 no sábado.

O Uruguai, em quinto lugar nas eliminatórias, buscará uma vitória que o coloque entre os quatro primeiros colocados que garantem uma vaga direta no Mundial de 2010, na África do Sul.

A sete rodadas do final das eliminatórias, o Paraguai lidera com 23 pontos, seguido por Argentina e Chile, com 19, e o Brasil, com 18. Com 16 pontos, o Uruguai ocupa a posição que o obrigaria a disputar uma repescagem contra um representante da Concacaf.

O Equador (14 pontos) e a Colômbia (13) ainda tem esperanças de conseguir uma vaga na Copa, enquanto Venezuela (10), Bolívia (9) Peru (7) já estão virtualmente fora da disputa.

Bielsa, ex-técnico da seleção argentina, revolucionou o futebol do Chile desde que assumiu a equipe, em 2007, levando consigo uma nova mentalidade à seleção que antes era famosa pela indisciplina.

Assim como a Argentina fazia quando o tinha como treinador, o Chile joga pressionando o adversário em seu próprio campo e quase não dá tempo para os rivais respirarem.

Essa estratégia já rendeu uma vitória sobre a Argentina e no domingo garantiu a primeira vitória fora de casa contra o arquirrival Peru desde 1985.